Fundos de investimento: fuga de assinantes está a travar

travarContas feitas para o ano de 2012, constatou-se que os fundos de investimento nacionais voltaram a perder participantes, o que acontece pelo quinto ano consecutivo, de acordo com os dados recentemente divulgados pelo regulador dos mercados financeiros.

Com um comportamento oposto estão os fundos de investimento estrangeiros, que estancaram a fuga de investidores.

O ganho destes fundos de investimento foi marginal, consistiu em apenas vinte e um novos participantes em 2012, mas a melhoria foi evidente, dado que o ano anterior tinha assistido à saída de mais de vinte mil investidores.

No total, a indústria de fundos portuguesa já perdeu quase um milhão de investidores nos últimos cinco anos. O que significa que as gestoras de fundos já perderam mais de metade da base de clientes que detinham em Junho de 2007, quando chegaram aos 1.8 milhões de participantes. Atualmente são 862 mil.

Fuga aos fundos está a estancar

Mas nem tudo são más notícias para o sector. O regresso da rentabilidade a muitos fundos portugueses no último ano ajudou a estancar a fuga dos investidores. Em 2012, saíram 33855 participantes, o que compara com os mais de 241 mil que haviam saído em 2011 ou os quase 475 mil investidores que fugiram em 2008.

A indústria começa assim a dar sinais de inversão, com algumas classes de fundos a conquistarem mesmo novos participantes.

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário