Aumenta partilha de casas e subarrendamento

subarrendamentoHá uns tempos falou-se bastante nos media do aumento crescente da partilha de casas entre famílias e do arrendamento ilegal.

O subarrendamento é ilegal e a penalização para tal comportamento é o despejo, mas muitos senhorios têm fechado os olhos, para manterem o arrendamento.

Nestes tempos de crise, há cada vez mais famílias que partilham casa, seja arrendada, seja propriedade de uma delas, que assim conseguem alguma folga para pagar o crédito habitação que muitas vezes pende sobre o imóvel.

Ouvi na TSF, o presidente de uma associação de senhorios a reconhecer que as famílias chegam a aparecerem em conjunto para celebrarem os contratos de arrendamento.

Grande parte dos portugueses perdeu o rendimento que detinha há dois ou três anos atrás, com os recentes e continuados cortes nos subsídios e os aumentos nos impostos, no custo de vida, nos transportes, etc.

Pagar a renda tornou-se bem mais difícil para alguns.

Lembrei-me de voltar a este tema quando vi um conjunto de imagens de uma campanha publicitária de uma associação sem fins lucrativos de Hong Kong, que pretende apelar para o flagelo que constitui o elevado custo das casas naquela região administrativa especial da República Popular da China.

Os cartazes mostram um espaço exíguo onde as pessoas vão tentando ter os seus bens e viverem.

Em breve, por cá, estamos assim. Clique para aumentar.

partilha de casaspartilhar casa

partilha da casasubarrendar a casa

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário